Fab Four, espadas e m.e.d.o.

Hoje recebi mais dois jogos que comprei recentemente. Vou aproveitar este post para falar também um pouco de um game que chegou na semana passada e que devido a falta de tempo acabei deixando passar, me refiro ao Beatles: Rock Band.

Como eu já tenho a bateria, guitarra e o microfone do Rock Band, optei por pegar apenas o jogo dos rapazes de Liverpool e após jogar um pouco do game, a impressão foi a melhor possível. Mesmo não sendo um fã fervoroso da banda, gostei demais das músicas que toquei e a apresentação do game é algo impressionante. O quarteto está muito bem representado e acompanhar a evolução da banda no modo carreira é muito legal. Sem dúvida um jogo que me dará muitas horas de diversão.

Read more about Fab Four, espadas e m.e.d.o.

Resistência

Certos jogos possuem algumas situações que são capazes de nos deixar completamente atônitos. Seja pela criatividade dos game designers, seja pelo inusitado ou por presentear o jogador com um senhor soco na boa do estômago, o fato é que quando isso acontece, essas passagens costumam marcar quem está do lado de cá do joystick. Ainda […]



Um pato aventureiro

Eu não resisti. Mal chegou aqui em casa e já aproveitei algumas horas da tarde de sábado para jogar e terminar o ótimo jogo Quackshot do Mega Drive. Fazia muito tempo que eu estava querendo jogar ele novamente e mesmo 18 anos após seu lançamento, pude comprovar que o game se mantém extremamente divertido. Se […]



Objetivo: Salvar a Terra (de novo)

Durante a E3 de 2008, um dos jogos que mais me impressionou, muito provavelmente devido a este incrível trailer, foi o Resistance 2. Mesmo não tendo jogado o primeiro, o jogo é um FPS, gênero que gosto muito e o enredo apesar de batido parece bastante interessante. Na semana passada eu tive a oportunidade de […]



Vivendo na ilusão

Se você me tem como amigo na Live ou PSN, pode ter percebido que tenho andado um pouco afastado desses consoles nos últimos dias e neste post irei explicar o motivo. O “problema” é que desde o final de semana passado tenho dedicado alguns minutos ao realmente fabuloso Illusion of Gaia para o Super Nintendo. […]



Sonic o Ouriço

Quando eu investi algumas dezenas de Reais no meu Mega Drive, algumas pessoas não entenderam, me questionaram o porque comprar um videogame “velho” sendo que possuo vários consoles de última geração. Tentar explicar para essas pessoas a felicidade em ser um retrogamer não é fácil e desconfio não ter conseguindo realizar tal tarefa, mas se […]



O terrível exército chatice dos jogos online

Nota: Este texto foi gentilmente enviado pelo Vinicius Costa e Silva, lá do ótimo multiVERSO, podem visitar pois vale a pena.

É verdade que foi-se o tempo em que, nos jogos, sempre precisávamos encarnar o herói. Muitas vezes, ser o sempre bom pode ser absolutamente chato, certo que todo mundo gosta de sair por ai em jogos como GTA e disparar para todo lado, bater em tudo e em todos, jogar helicópteros em cima de avenidas ou explodir os inocentes de um hospital, tudo bem, mas, vamos falar sobre outro tipo de malvadeza virtual, a online.

Imagem por: Silvio Souza

Read more about O terrível exército chatice dos jogos online