Nathan Drake, um aventureiro como poucos

Fim de papo. Após exatas 12 horas, cheguei ao final do Uncharted 2. Depois de viver situações memoráveis controlando o protagonista, fica muito difícil encontrar palavras para descrever quão grandioso o game é. Desde a impecável dublagem dos personagens, até os cenários lindos, passando pela jogabilidade refinada e diálogos bem humorados, Uncharted 2 é um […]



Drake entre ladrões

Essa semana não foi muito legal. Muita correria, estresse e com a sexta-feira chegando, estava feliz por acabar logo, mas por outro lado um tanto chateado porque o meu Uncharted 2 não havia chegado, porém, ELE CHEGOU! Quem acompanha as notícias deve estar sabendo do sucesso que o jogo está fazendo, recebendo ótimas notas mundo […]



Quando a inovação não faz falta

Ah! Como é bom voltar aos velhos tempos. Ainda hoje me lembro de quando, em 1996, vi o Tomb Raider pela primeira vez. Sua jogabilidade diferente de tudo o que existia na época, os lindos gráficos e ela, a musa mor dos games, Lara Croft. Como não se encantar com aquele incrível jogo?

Depois de passar por um período sombrio, os produtores da série conseguiram reencontrar o caminho com o Legend e posteriormente com o Anniversary, por isso existia muita expectativa em relação ao oitavo game da franquia, o Underworld e que para muito ela não foi correspondida.

Vi algumas pessoas reclamando que o jogo era muito parecido com os primeiros e que praticamente não havia inovação, com exceção dos gráficos, mas quer saber? Depois de passar algumas horas dentro game, é exatamente aí que está sua graça.

Read more about Quando a inovação não faz falta

O jogo de luta que me prendeu

Eu gosto bastante de jogos de luta. Admiro as pessoas que consegue se dedicar a este gênero e se tornam verdadeiros metres na arte de trocar sopapos virtualmente, mas via de regra, eu não consigo me prender a eles por muito tempo. Normalmente enjôo rápido desses jogos, principalmente por não ter muita paciência em me […]