Alguém afim de um co-op na Live?

Seguinte galera, como acabei de renovar minha Live por mais um ano e acabei comprando alguns joguinhos através do sistema, alguém está afim de jogar um co-op neste final de semana? As opções que tenho para propor são: Castle Crashers TMNT: Turtles in Time Re-Shelled Ou a campanha principal do Gears of War Alguém afim […]



Caçadora de tesouros e mais RPGs

Como prometido no último post sobre minhas aquisições, estou de volta para falar sobre os jogos que acabei comprando na segunda remessa.

Dessa optei pelo Chrono Cross, game que já havia jogado bastante em outra oportunidade mas que infelizmente não cheguei a terminar.Espero que dessa vez eu possa ver a conclusão da ótima história e pela qualidade do game, acho que foi um ótimo investimento.

Read more about Caçadora de tesouros e mais RPGs

De volta aos PCs – Update 2

Quem me conhece ou acompanha meus textos deve saber que prefiro jogar nos consoles do que no PC. Os motivos são vários e sempre destaco o tamanho da tela e principalmente, a necessidade quase constante de atualizações. Mesmo assim, depois de muito postergar, decidi fazer um upgrade no meu computador e voltar a jogar alguns […]



Caminhando pelas sombras

Ontem fiz algo que a muito não conseguia, jogar videogame durante quase toda a tarde e pior (ou melhor), com apenas um jogo. O título que conseguiu me prender diante da TV por tanto tempo foi o espetacular Shadow Complex, game vendido digitalmente apenas para o Xbox 360. Embora pelo visto eu ainda esteja muito […]



Game over, Prince

E lá se vai mais um. Depois de algumas boas horas de diversão, cheguei ao final do PoP: The Two Thrones. Gostei bastante do jogo, bons gráficos, boa trilha sonora e ótima jogabildade, contudo, alguns detalhes não me agradaram.

Minha primeira reclamação recai sobre a dificuldade. Com exceção do último chefe, passei por todo o game sem muitos percalços. O segundo problema na minha opinião é a quase que total ausência de puzzles. O jogo todo praticamente se resume a pular, escalar, andar pela parede e matar inimigos.

O curioso é que mesmo assim gostei do jogo, não chega a ser um título indispensável, mas também está bem longe de ser horrível. Para sentar e se divertir como um bom filme pipoca, recomendo o game.

Abaixo coloquei uma arte conceitual do momento mais interessante do jogo na minha opinião: o primeiro chefe. O monstro possui um dos mais bacanas designs que vi ultimamente e é quase impossível não sentir repulsa por ele.

Read more about Game over, Prince

E os RPGs chegaram

Acho que se lembrarão de um recente post onde perguntei aos leitores quais RPGs seriam mais interessantes adquirir. Depois de muito pensar em relação as respostas e o resultado da enquete, fiz minha escolha e na última hora acabei incluindo um título que não havia cogitado.

Para começar, optei pelo Illusion of Gaia, título que era minha idéia principal. O cartucho chegou intacto, muito longe de parecer um jogo usado, sem dúvida uma ótima aquisição para minha coleção.

Read more about E os RPGs chegaram

Os príncipes da Pérsia

No sábado passado decidi começar uma nova aventura. Como havia comprado o remake do Prince of Persia na PSN e o jogado por alguns minutos, senti uma súbita vontade de jogar o The Two Thrones que havia adquirido para o Game Cube e tratei de não perder tempo. Eu havia gostado muito do primeiro game […]